Destinar 3% do seu Imposto de Renda Pessoa Física
é contribuir para o desenvolvimento social do seu município.

Você não paga nada a mais por isso.

Saiba mais como aderir e contribuir com essa campanha.

Sabia que é possível destinar parte do seu Imposto de Renda devido para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente?

Para isso, ao fazer sua Declaração de Imposto de Renda, você pode optar pela destinação global de 3% do valor devido apurado em sua declaração anual, entregue dentro do prazo limite estabelecido pela Receita Federal para este exercício.

O percentual pode ser distribuído para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente.

E lembre-se: você não paga mais imposto por isso, apenas direciona como parte do que você já irá pagar.

Reproduzir vídeo

ASSISTA AO Vìdeo Tutorial

acima e veja como é simples.

Ao destinar parte do seu Imposto de Renda para o Fundo Municipal, que destinam os recursos para instituições sociais cadastradas e atuantes, você ajuda a viabilizar a realização de projetos educacionais, esportivos, culturais e assistenciais que irão melhorar a qualidade de vida e trazer novas perspectivas para crianças e adolescentes que compõem uma parcela da população que mais sofre com os efeitos da injusta exclusão social.

A destinação dos recursos é feita na própria declaração de forma muito simples e, como já foi dito, você não paga nada além daquilo que já pagaria de imposto a Receita Federal. Isso ocorre porque a operação corresponde a uma simples troca de parte do imposto de renda a pagar pelo mesmo valor a ser recolhido ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Essa regra também se aplica em caso de restituição do imposto, que é aumentada em valor igual ao do valor recolhido ao Fundo Municipal.

Veja como é simples! Como Fazer?

Você deve optar pelo Modelo Completo para apresentar sua declaração do imposto de renda e nela indicar a intenção de fazer a destinação, fazendo uso da aba “Doações Diretamente na Declaração – ECA”. O próprio programa de preenchimento da declaração controla os limites dessas doações e gera o documento de arrecadação apropriado (Darf) que deverá ser pago até o último dia estabelecido pela Receita Federal para a entrega da declaração.

Contribua com o seu Imposto de Renda e veja mais cenas como essa se repetirem!

POSSO AJUDAR? Fale Conosco

    CAMPANHA LEÃO AMIGO Uma Iniciativa